Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Criminosos explodem agência em Vila Isabel e trocam tiros com policiais

Moradores de prédio vizinho se assustaram com confronto na madrugada e chegaram a achar que edifício estivesse desabando; ninguém ficou ferido

Clarissa Thomé, O Estado de S.Paulo

14 Abril 2017 | 14h49

RIO - Criminosos explodiram uma agência bancária em Vila Isabel, na zona norte do Rio de Janeiro, na madrugada desta sexta-feira, 14. Encapuzados e armados com fuzis, eles chegaram em uma pick-up e outros quatro carros, contaram moradores, e atravessaram um veículo no Boulevard 28 de Setembro, principal via do bairro, para interromper o tráfego.

Com o impacto da explosão, o letreiro e o pórtico do Santander caíram, o rebaixamento de gesso veio abaixo e os vidros da fachada ficaram espalhados até o meio da rua. 

Uma viatura da 20ª Delegacia de Polícia (Grajaú) passava pelo local no momento do crime e houve intensa troca de tiros. Carros estacionados próximo à agência foram atingidos pelas balas. A troca de tiros durou cerca de cinco minutos e moradores chegaram a ouvir explosões. Ninguém ficou ferido, e os criminosos conseguiram escapar.

A agência fica entre um prédio de apartamentos e uma farmácia. Moradores do edifício, acordados com o estrondo da explosão, relataram que chegaram a imaginar que o prédio estivesse desabando. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.