Reprodução Google Street View
Reprodução Google Street View

Criminosos matam criança de três anos em tentativa de assalto no Rio

Pai e mãe também foram baleados; bando deixou uma granada no local onde houve o latrocínio

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

06 Fevereiro 2018 | 09h21

Uma menina de três anos morreu após ser baleada na madrugada desta terça-feira, 6, por criminosos na Rua Cardoso de Castro, em Anchieta, zona norte do Rio. O pai e a mãe também foram baleados após o carro da família ser alvo dos bandidos.

Segundo a polícia, a família saia de uma lanchonete quando sofreu uma tentativa de roubo e, ao tentar fugir, o bando atirou contra o veículo e todos os ocupantes.

A criança foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ricardo Albuquerque, mas não resistiu aos ferimentos. Os pais da menina estão internados no Hospital municipal Albert Schweitzer, em Realengo, na zona oeste do Rio.

+++ No 1º mês do ano, Rio de Janeiro tem mais de 600 tiros

Segundo a Polícia, o veículo utilizado pelo bando foi localizado pelos policiais militares, abandonado, na Rua Engenho Novo, também em Anchieta.

+++ Cidade de Deus lidera ranking de tiroteios no Rio de Janeiro: 41

Os criminosos deixaram uma granada no local onde houve o latrocínio. A equipe acionou a Delegacia de homicídios (DH-Capital) e o Esquadrão Antibombas. 

O secretário de Segurança do Rio, Roberto Sá, pediu máximo empenho ao diretor da Divisão de Homicídios,  Rivaldo Barbosa, na apuração da tentativa de assalto, desta terça-feira, em Anchieta,  que resultou na morte da menina Emily Sofia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.