Criminosos queimam 5 ônibus após operação policial em Japeri

Bandidos autorizaram as pessoas a sair dos veículos, por isso não houve feridos; ação aconteceu na Baixada Fluminense

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

14 Maio 2015 | 23h23

RIO - Em suposta represália a uma operação de combate ao tráfico promovida pela Polícia Militar em Japeri, na Baixada Fluminense, criminosos incendiaram cinco ônibus na noite desta quinta-feira, 14. Quatro coletivos foram atacados em Japeri e o quinto, na vizinha cidade de Queimados.

Segundo o 24º Batalhão, sediado em Queimados, durante o dia a PM promoveu uma operação de combate a traficantes que atuam na favela do Guandu, em Japeri. Os ataques aos ônibus começaram no final da tarde. Quatro coletivos foram interceptados e incendiados na Avenida Tancredo Neves, em Engenheiro Pedreira, distrito de Japeri. O quinto veículo foi atacado quando trafegava pelo bairro Tricampeão, em Queimados. 

Segundo uma outra versão, os ônibus teriam sido atacados por traficantes que tentaram cobrar pedágio para autorizar a circulação desses veículos pelo bairro. Como os motoristas se negaram a pagar, eles incendiaram os coletivos.

Antes dos ataques, os bandidos autorizaram que as pessoas saíssem dos veículos. Por isso, ninguém se feriu com os incêndios. Antes, durante a operação na favela do Guandu, houve troca de tiros e um homem foi baleado. Socorrido, ele foi levado ao Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, também na Baixada Fluminense. Embora tenha sido considerado suspeito pela PM, nenhuma arma foi apreendida com ele.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro Baixada Fluminense Japeri

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.