Reprodução
Reprodução

Crivella vai ao STF para convencer ministros sobre nomeação do filho

Na quinta, Marco Aurélio Mello suspendeu nomeação de Marcelo Hodge Crivella para a Casa Civil da prefeitura

Rafael Moraes Moura e Breno Pires, O Estado de S.Paulo

13 Fevereiro 2017 | 17h55

BRASÍLIA - O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), está fazendo na tarde desta segunda-feira, 13, uma maratona de visitas pelos corredores do Supremo Tribunal Federal (STF) para convencer os ministros da Corte sobre a legalidade da nomeação de Marcelo Hodge Crivella, seu filho, para a Casa Civil da prefeitura fluminense. O cargo é considerado um dos mais estratégicos da administração local.

Na última quinta-feira, 9, o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, suspendeu a nomeação do filho de Crivella para o cargo.

"Vamos provar que estamos dentro da lei, que ele tem competência e idoneidade. É só uma questão de conversar. O Marcelo (filho) não é suscetível, nem melindroso. Sabe que a vida pública não é concurso de beleza. É o preço que se paga para conquistar o coração do povo", disse o prefeito do Rio, ao lado do filho.

Crivella afirmou que pretende concluir as conversas com os ministros ainda nesta segunda-feira. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.