Delegado é atingido por tiro na boca em Laranjeiras, na zona sul

Polícia afirma que Thales Braga foi vítima de tentativa de assalto; moradores relatam nas redes sociais intenso barulho de tiros

Idiana Tomazelli, O Estado de S.Paulo

05 de março de 2016 | 13h18

RIO - O delegado Thales Nogueira Venâncio Braga, que trabalha na delegacia da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, foi baleado na noite desta sexta-feira, 4, no bairro de Laranjeiras, na zona sul. Ele foi atingido na boca, sem gravidade, e socorrido por policiais.

Uma das versões para o ocorrido é de que policiais militares faziam uma perseguição na área quando houve troca de tiros. O investigador, que passava de carro pelo local, acabou sendo atingido. Nas redes sociais, moradores relataram ter ouvido intenso barulho de tiros à noite em Laranjeiras.

Em nota oficial, porém, a PM e a Polícia Civil afirmam que Braga foi vítima de uma tentativa de assalto. Segundo a PM, Mariana Valente Cardoso Guimarães, que também estava no veículo, procurou os agentes após o ocorrido.

"A PM prontamente atendeu ao chamado e, após constatar o ferimento à bala, um policial militar assumiu a direção do carro da vítima e o conduziu até o Instituto Nacional de Cardiologia (INC)", diz a PM em nota.

Até o momento, ninguém foi preso. A investigação está sendo conduzida pela 9ª Delegacia de Polícia (Catete). De acordo com a Polícia Civil, as perícias no local e no carro da vítima foram realizadas, e os agentes realizam diligências para identificar a autoria do crime. A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) apoia as investigações.

Tudo o que sabemos sobre:
Polícia CivilPolícia Militar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.