Wilton Júnior/Estadão
Wilton Júnior/Estadão

Desfiles no Rio começam com sambódromo cheio

Primeiro dia de apresentações é menos concorrido do que segunda-feira, que terá escolas mais competitivas e de torcidas fiéis

Roberta Pennafort, O Estado de S. Paulo

07 de fevereiro de 2016 | 21h46

RIO - A Estácio de Sá começou seu desfile pouco depois das 21h30, dando início às apresentações do Grupo Especial do Rio. Por volta das 21h40, o Sambódromo já tinha bom público. As arquibancadas populares, que custam R$ 10, estavam bastante cheias. O público de frisas e camarotes em geral demora mais a chegar. 

O metrô, principal meio de transporte para quem vai assistir das arquibancadas, estava relativamente tranquilo, apesar do fluxo grande de pessoas que se deslocam de blocos que saíram na zona sul e no centro.

A Estácio de Sá subiu do ano passado da Série A. Depois dela, virão União da Ilha, Beija-Flor, Grande Rio, Mocidade e Unidos da Tijuca. Antes da Estácio, houve uma apresentação alusiva aos Jogos Olímpicos, que serão realizados no Rio em agosto.

Este primeiro dia de desfiles é menos concorrido do que o de amanhã, que terá escolas mais competitivas: Vila Isabel, Salgueiro, Portela, Imperatriz, Mangueira - todas com histórico de vitórias e torcidas fiéis -, além da São Clemente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.