Divulgação
Divulgação

Disque-Denúncia dobra recompensa para quem denunciar criminosos da Rocinha

Prêmio de R$ 2 mil é oferecido em troca de informações sobre assassinos da modelo Luana Rodrigues de Sousa e da amiga dela, Vanessa de Oliveira

14 Novembro 2011 | 11h03

São Paulo, 14 - O Disque-Denúncia do Rio dobrou o valor da recompensa, para R$ 2 mil, a quem passar informações sobre o paradeiro dos assassinos da modelo Luana Rodrigues de Sousa, de 20 anos, e sua amiga Vanessa de Oliveira, de 25 anos. Cartazes com as fotos dos suspeitos de terem executado as jovens estão sendo divulgados.

Entre os acusados pelo crime está Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, que comandava a venda de drogas na comunidade da zona sul e que foi preso na última quinta-feira, 10. As duas foram vistas pela última vez no dia 9 de junho, em frente a uma concessionária de veículos, próximo à Rocinha, na zona sul do Rio.

Além de Nem, Anderson Rosa Mendonça, o Coelho, também foi preso. Restam ainda Tiago de Sousa Cheru, o Dorey; Rodrigo Belo Ferreira, o Rodrigão, e Ronaldo Patrício da Silva, o Ronaldinho, que também foram identificados como suspeitos do desaparecimento das vítimas.

Quem tiver informações poderá entrar em contato pelo telefone (21) 2253-1177. O anonimato é garantido. Todas as informações sobre estes traficantes estão no site www.procurados.org.br.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.