Dois corpos são encontrados em frente a hospital no Rio

O motorista da van que transportou os cadáveres disse ter sido ameaçados por homens armados

Pedro Dantas, de O Estado de S. Paulo,

22 de outubro de 2009 | 12h02

Os corpos de dois homens mortos foram deixados na noite de quarta-feira, 21, em frente ao Hospital Getúlio Vargas, na Penha, na zona norte do Rio. De acordo com a Polícia Militar, os dois seriam traficantes da Vila Cruzeiro e foram baleados ao trocar tiros na tarde de ontem com homens do 16º Batalhão de Polícia Militar de Olaria.

O motorista da van que transportou os cadáveres disse ter sido ameaçados por homens armados para levar as vítimas. O comércio amanheceu fechado no Rio Comprido, na zona norte da cidade. A ordem teria partido de traficantes em represália a morte do traficante 'Leozinho dos Prazeres', no Morro da Fallet.

Neste momento, a Polícia Civil realiza operação favela de Vigário Geral em busca de armas e drogas. Não há informações sobre feridos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.