Dois policiais são feridos em tiroteio no Complexo da Penha

Agentes foram levados para o Hospital Estadual Getúlio Vargas e passam bem; comando de UPP procura suspeitos na região

Danielle Villela, O Estado de S. Paulo

22 de abril de 2015 | 12h10

RIO - Dois policiais militares foram baleados na manhã desta quarta-feira, 22, durante troca de tiros no Complexo da Penha, na zona norte do Rio de Janeiro. Segundo informações da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), os agentes faziam patrulhamento por volta das 10h, na Rua Aymoré, quando entraram em confronto com suspeitos.

Os agentes feridos foram levados para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, também na Penha, e passam bem. O comando da UPP Parque Proletário, no Complexo da Penha, intensificou o policiamento na região e realiza ações de varredura em busca dos suspeitos. 

Instalada em agosto de 2012, a UPP Parque Proletário faz parte do "cinturão de segurança" dos Complexos da Penha e do Alemão, na zona norte do Rio. Apenas a comunidade Parque Proletário reúne cerca de 3,5 mil habitantes e 400 domicílios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.