Dois são mortos em ataque a bar na zona norte do Rio

Testemunhas contaram que ao menos três homens desceram de um carro e atiraram contra as pessoas que estavam no bar; os criminosos fugiram

Roberta Pennafort, O Estado de S, Paulo

11 Fevereiro 2017 | 13h43

RIO -  Duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas num ataque a um bar no bairro de Todos os Santos, zona norte do Rio, na noite de sexta-feira, 10. A Delegacia de Homicídios irá investigar o caso e se valer de imagens de câmeras de segurança.

Testemunhas contaram que homens que estavam num carro desceram atirando contra as pessoas que estavam no estabelecimento, que fica na esquina das ruas São Brás e Conselheiro Agostinho. Eles fugiram em seguida.

O crime ocorreu por volta das 20h30 e eram pelo menos três homens, segundo os relatos das testemunhas. Henrique Damião Filho, de 68 anos, morreu no local. Leandro Oliveira, que não teve a idade divulgada, morreu no Hospital Salgado Filho, no Méier, bairro vizinho. Os feridos foram atendidos na unidade.

Como entre os feridos está um agente do Departamento de Ações Socioeducativas (Degase), Bruno Costa Lucci Dias, atingido na barriga, existe a suspeita de que tenha sido um crime motivado por vingança, tendo ele como alvo. Dias apresenta quadro estável. O Degase é a instituição de guarda de menores infratores do Estado do Rio.

Também na sexta-feira o policial militar Wallace Guimarães de Souza foi morto num assalto, em Nilópolis, Baixada Fluminense. Bandidos numa motocicleta tentaram roubar seu carro e dispararam contra o policial, no bairro Olinda, no centro do município, fugindo em seguida. Segundo a PM, Souza ainda foi socorrido no Hospital Municipal Juscelino Kubitschek.


As ocorrências não teriam relação com as manifestações de familiares de PMs na porte de batalhões do Estado, uma vez que o patrulhamento, segundo a corporação, não foi prejudicado com o bloqueio dos portões das unidades. Os protestos começaram na madrugada de ontem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.