Dois suspeitos morrem em confronto com a PM no Rio

Eles chegaram a ser socorridos, mas não resistiram aos ferimentos; um jovem menor de idade, que também participou do confronto, tentou fugir e foi apreendido

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

01 Julho 2018 | 19h11

 RIO - Dois suspeitos morreram após serem  baleados durante confronto com policiais militares na Avenida Brasil, em Barros Filho, na zona norte do Rio, na noite deste sábado, 30.

Eles chegaram a ser socorridos ao Hospital Municipal Carlos Chagas, em Marechal Hermes, na mesma região, mas não resistiram aos ferimentos. A identificação da dupla não havia sido divulgada até a noite deste domingo, 1º.

Segundo a PM,  policiais militares do 41º Batalhão (Irajá) foram acionados pelo rádio por policiais do 9º Batalhão (Rocha Miranda) para realizar um cerco a um automóvel Chery Celer, branco, ocupado por suspeitos armados. 

+++ Militares do Exército são flagrados espancando rapaz e Comando abre sindicância

Os policiais conseguiram cercar o veículo na Avenida Brasil, próximo à Estrada João Paulo, em Barros Filho. Ao avistarem a Polícia Militar, os criminosos começaram a atirar e houve revide. O carro dos criminosos acabou batendo na traseira de um Fiat Strada.

Após a troca de tiros, os policiais constataram que dois dos suspeitos estavam baleados. Um terceiro, menor de 18 anos, tentou fugir e foi apreendido.

+++ Casal é baleado em Jacarepaguá, no Rio

Os dois suspeitos feridos e o motorista do Fiat Strada, que também se feriu, foram levados pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Carlos Chagas, onde os dois suspeitos morreram. 

Segundo a PM, com os suspeitos  foram apreendidas duas armas: uma pistola calibre .40 e um revólver calibre .38. A ocorrência foi registrada na Central de Garantias Norte, na Cidade da Polícia, no Jacarezinho, na zona norte. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.