Duas mulheres ficam feridas após explosão em casa na Baixada

Imóvel desabou no bairro de Vila Cava, em Nova Iguaçu; não há informações sobre o estado das vítimas e das causas do incidente

Carina Bacelar, O Estado de S. Paulo

25 Maio 2015 | 09h08

RIO - Duas mulheres ficaram feridas em uma explosão na madrugada desta segunda-feira, 25, dentro de uma casa no bairro de Vila Cava, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. De acordo com o Corpo de Bombeiros, Iolanda da S. Carvalho, de 51 anos, e Zelita da S. Carvalho, de 50, foram socorridas e levadas para o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, também na Baixada. Por causa da explosão, o imóvel localizado na Rua Girassol acabou desabando.

Ainda não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.

Participaram do resgate bombeiros do quartel de Nova Iguaçu. Até as 8h39, não havia informações sobre a causa da explosão.

O incidente ocorre uma semana após outra explosão destruir parcialmente quatro apartamentos do Edifício Canoas, em São Conrado. Todos os 72 apartamentos foram afetados e o alemão Markus Bernard Maria Müller, de 51 anos, ficou gravemente ferido. Ele segue internado no Hospital Estadual Pedro II, com metade do corpo queimado.

Segundo o médico Luiz Alexandre Essinger, diretor do Hospital Municipal Miguel Couto, onde o alemão foi atendido primeiro, Müller afirmou diversas vezes durante o atendimento que tinha sido atacado por um homem, que teria entrado no apartamento exigindo um relógio Rolex dourado e dinheiro.

Mais conteúdo sobre:
Baixada Fluminense Acidente Nova Iguaçu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.