Duas mulheres são vítimas de bala perdida no subúrbio do Rio

Segundo a PM, Rosane da Silva Arruda foi atingida no braço e na perna e Nádia Lúcia de Moraes Silva no ombro

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

11 de fevereiro de 2008 | 11h51

Duas mulheres foram atingidas por balas perdidas no fim da tarde de domingo, 10, na Favela Pára-Pedro, no bairro do Colégio, subúrbio do Rio. De acordo com a polícia militar, dois homens armados em uma motocicleta começaram a atirar em direção a uma viatura estacionada no local e depois fugiram para a favela, abandonando a moto.   Rosane da Silva Arruda, de 44 anos, foi baleada no braço e na perna. Nádia Lúcia de Moraes Silva, de 37 anos, levou um tiro no ombro. As duas foram levadas ao Hospital Getúlio Vargas, no bairro da Penha.

Tudo o que sabemos sobre:
Riobala perdida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.