Divulgação
Divulgação

Em testes, bonde de Santa Teresa volta a circular no Rio

Transporte foi interrompido em 2011, quando um acidente matou seis passageiros e deixou 60 pessoas feridas

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

01 Outubro 2014 | 17h24

RIO - Parado desde 27 de setembro de 2011, quando um acidente matou seis passageiros e feriu 60 pessoas, o bonde de Santa Teresa, no Rio de Janeiro, voltou a circular nesta quarta-feira, 1º, em testes, pelos Arcos da Lapa, no centro da capital fluminense. Ainda não há transporte de passageiros - a retomada desse serviço estava prevista pelo governo estadual para março passado, mas o prazo não foi cumprido. Moradores de Santa Teresa reclamam da demora.

Desde agosto, o bonde é submetido a testes estáticos e dinâmicos na rua Joaquim Murtinho, em Santa Teresa. A partir desta quarta, os testes passam a ser realizados no trecho entre o Largo do Curvelo e a Estação Carioca, passando pelos Arcos da Lapa.


O traçado total da linha de bondes será de 10,5 km, mas só estará disponível no final de 2015.

Até agora já foram instalados  3,5 km de trilhos e rede aérea. Catorze bondes serão usados no serviço. Todos têm estrutura de aço reforçado, sistema de tração controlado eletronicamente, freios dinâmicos e magnéticos, GPS, estribos retráteis e quatro câmeras de monitoramento.

Mais conteúdo sobre:
Santa Teresa Lapa Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.