Enfermeira é assassinada em tentativa de assalto na Via Dutra, no Rio

Ângela Maria Ferreira da Cunha, de 27 anos, tinha acabado de deixar o plantão no Hospital Estadual Getulio Vargas

Daniela Amorim, Agência Estado, O Estado de S.Paulo

08 Outubro 2017 | 11h49

RIO DE JANEIRO - Uma mulher foi morta com um tiro na cabeça em uma tentativa de assalto, na noite deste sábado, 7, na zona norte do Rio. O crime ocorreu no quilômetro 163 da Rodovia Presidente Dutra, na altura da Pavuna.

A enfermeira Ângela Maria Ferreira da Cunha, de 27 anos, tinha acabado de deixar o plantão no Hospital Estadual Getulio Vargas, na Penha, onde trabalhava, quando foi abordada pelos assaltantes.

+ Um dia após megaoperação policial, Morro dos Macacos amanhece com tiroteios

Ao se recusar a entregar sua bolsa, os bandidos atiraram na cabeça da enfermeira e fugiram. Ângela estava na garupa da moto do marido, que não ficou ferido.

A Polícia Militar isolou o local do assassinato até a chegada da perícia. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Homicídios da Capital (DH), que investiga a morte de Ângela. Segundo a polícia, agentes fazem buscas por evidências que levem à identificação dos criminosos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.