Engenheiro é morto por bala perdida em casa na zona norte do Rio

Floriano Fernandes Barbosa Filho estava usando o computador quando foi atingido; outras duas pessoas saíram ilesas

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

06 Agosto 2015 | 19h59

RIO - O engenheiro Floriano Fernandes Barbosa Filho, de 50 anos, morreu nesta quinta-feira, 6, atingido por uma bala perdida em Quintino, na zona norte do Rio. Familiares contaram à polícia que ele estava dentro de casa, usando o computador, quando foi baleado. Os pais da vítima estavam no mesmo cômodo que ele, mas saíram ilesos.

Segundo a Polícia Civil, PMs do 9.º Batalhão (Rocha Miranda) faziam ronda de rotina pela Rua Clarimundo de Melo quando se depararam com suspeitos que saíam da favela da Saçu em um carro. Houve perseguição e, nas imediações da Paróquia de São Jorge, intensa troca de tiros entre suspeitos e policiais.

O engenheiro, que morreu no local, foi o único atingido. As balas também atingiram quatro carros - entre eles uma viatura da PM - e duas casas.

Os suspeitos conseguiram fugir e não haviam sido identificados até as 18 horas desta quinta.

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro Quintino

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.