Entorno do Maracanã será fechado para carros nesta quarta

Estádio receberá o jogo entre Espanha e Chile às 16h; Prefeitura do Rio também divulgou balanço da operação de trânsito no domingo

Thaise Constancio, O Estado de S. Paulo

17 de junho de 2014 | 18h01

RIO - A Prefeitura do Rio divulgou o esquema de trânsito para a cidade na quarta-feira, 18, dia do jogo entre Espanha e Chile, às 16h, no Maracanã. Por decreto municipal assinado em março, será feriado a partir de meio dia "para esvaziar o transporte público e permitir que as pessoas possam circular com mais conforto", explicou o presidente da Rio Eventos, Leonardo Maciel, durante coletiva de imprensa. 

Os meios de transporte preferenciais serão metrô (nas estações Maracanã, São Cristóvão e São Francisco Xavier) e trem (estações Maracanã e São Cristóvão) e a entrada é gratuita para torcedores com ingressos. O plano operacional de transporte e trânsito seguirá os moldes daquele implantado na partida entre Argentina e Bósnia, no domingo, 15.

O entorno do Maracanã ficará fechado para carros e ônibus fretados entre meio-dia e 20h. O consumo e a venda de bebidas alcoólicas do lado de fora do estádio também está proibido entre 14h e 20h. Haverá 369 agentes públicos para controlar o trânsito e orientar os motoristas sobre interdições e desvios. "Nossa expectativa é de que haja mais problemas amanhã do que tivemos no domingo (dia do jogo entre Argentina e Bósnia) porque será um dia útil até meio dia e, por isso, teremos mais deslocamentos", admitiu Maciel.

A escada temporária instalada na passarela da estação do Maracanã foi reforçada e teve o aval dos órgãos de segurança para ser utilizada. No jogo de domingo, a estrutura estava frouxa e deixou os torcedores receosos. Haverá reforço também na segurança para melhorar a fluidez do público e evitar acidentes.

Balanço. Durante a coletiva, também foi divulgado balanço da operação de trânsito no domingo, quando aproximadamente 50 mil pessoas usaram o metrô para chegar ao estádio. Nos arredores do Maracanã foram apreendidos 1.080 itens com vendedores ambulantes irregulares, 132 veículos rebocados e 182 multados. Onze flanelinhas e dez cambistas foram detidos. 

Oito ônibus fretados foram interceptados tentando chegar ao estádio, o que está proibido durante a Copa . "A torcida Argentina chegou em peso no Rio e foi para o Maracanã. Nosso plano foi bem executado".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.