Envolvido na máfia do jogo, Antonio Petrus Kalil é preso pela PF

'Turcão' foi preso na Operação Hurricane acusado de envolvimento com a máfia de lavagem de dinheiro no Rio

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

29 Novembro 2007 | 10h39

Antonio Petrus Kalil, o Turcão, foi preso na manhã desta quinta-feira, 29, pela Polícia Federal do Rio de Janeiro. Kalil teve a prisão preventiva decretada no dia 29 de agosto por envolvimento no esquema de lavagem de dinheiro e envolvimento com a máfia dos caça-níqueis. Ele havia sido preso na Operação Hurricane (furacão, em inglês), mas solto após pedido de habeas-corpus.   As operações da PF contra a máfia do jogo  Nesta quinta, também foram presos Sergio Luzio Marques e Jose Luiz da Costa Rebello. De acordo com a PF do Rio, as prisões são feitas a pedido do Ministério Público Federal e 17 mandados de prisão devem ser cumpridos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.