Equipe da SuperVia é assaltada durante manutenção

Funcionários tiveram celulares roubados na madrugada enquanto trabalhavam perto da Estação Realengo, na zona oeste do Rio

Carina Bacelar , O Estado de S. Paulo

24 de abril de 2015 | 09h03

RIO - Uma equipe técnica da SuperVia, empresa que opera o sistema de trens da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, foi assaltada na madrugada de quinta-feira, 23, durante trabalhos de manutenção do sistema de sinalização perto da Estação Realengo, pertencente ao ramal Santa Cruz, na zona oeste. Os funcionários tiveram dois celulares roubados. A ocorrência foi registrada na 33ª Delegacia de Polícia, em Realengo.

Em nota, a SuperVia afirmou que "a segurança pública dentro do sistema ferroviário é de responsabilidade do poder público que atua nas estações e trens por meio do Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer)". "Esta é uma das determinações do contrato de concessão", diz o texto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.