Equipes de resgate são deslocadas para áreas isoladas em Itaipava, no Rio

Região do Vale do Cuiabá é um dos locais mais afetados pelas fortes chuvas

Priscila Trindade, Central de Notícias

15 de janeiro de 2011 | 10h48

SÃO PAULO - Na manhã deste sábado, 15, equipes de resgate foram deslocadas para locais de difícil acesso em Itaipava, em Petrópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro, com o objetivo de socorrer as vítimas da chuva.

 

Entre as áreas está a região do Vale do Cuiabá, um dos locais mais atingidos pelas enchentes e deslizamentos de terra. Em outras áreas de melhor acesso, os trabalhos continuaram durante a madrugada. De acordo com a Prefeitura de Petrópolis, 43 pessoas morreram desde o último dia 11.

 

Para auxiliar nos trabalhos de resgate no distrito de Itaipava, o Exército Brasileiro disponibilizou três caminhões e 105 homens. A equipe operacional que atua nas frentes de trabalho contam com aproximadamente 600 homens da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Petrópolis Resgate.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.