Ex-funcionário de restaurante faz refém no Rio

Cozinho fez ex-colega refém com duas facas, informou a PM; Bope chegou ao local, homem se rendeu e ninguém foi ferido

O Estado de S. Paulo

24 Janeiro 2015 | 22h16

RIO -  Após uma discussão, o ex-funcionário de um restaurante localizado na Fonte da Saudade, na Lagoa (zona sul do Rio de Janeiro), fez uma colega refém com duas facas na noite deste sábado, 24 - informou a Polícia Militar. Os policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) e do 23º Batalhão da Polícia Militar (Leblon) foram ao local para negociar a libertação das reféns. O cozinheiro Francisco de Assis Alves de Lima, 35 anos, se entregou momentos depois, sem feridos.

A PM informou que o ex-funcionário reclamava direitos trabalhistas. Policiais da Unidade de Intervenção Tática (UIT) do Bope foram chamados para fazer a negociação, uma vez que Lima estava muito transtornado.

O entorno do restaurante, em uma área nobre da cidade, foi isolado durante a operação da polícia e liberado assim que a operação terminou. A ocorrência segue para 14ª Delegacia de Polícia.

Mais conteúdo sobre:
sequestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.