Facebook/Reprodução
Facebook/Reprodução

Ex-PM flagra traição e é morto por policial civil, amante da mulher

Jaime Damião Mariano Pavel discutiu e trocou tiros com Leonardo Cabral de Araújo, do Core, na saída de motel onde o agente estava

Clarissa Thomé, O Estado de S.Paulo

13 Abril 2016 | 13h19

RIO - O motorista de táxi Jaime Damião Mariano Pavel, de 30 anos, morreu ao trocar tiros com Leonardo Cabral de Araújo, de 41 anos, agente da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil na noite desta terça-feira, 12. Pavel, ex-policial militar, havia descoberto que a mulher mantinha um caso amoroso com Araújo e esperou os dois na saída de um motel em Irajá, na zona norte do Rio de Janeiro. Eles discutiram e trocaram tiros. 

Pavel foi atingido no ombro, na coxa esquerda e na mão direita. Araújo ficou ferido de raspão na cintura. Eles foram levados para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, também na zona norte. Pavel morreu no hospital. Já Araújo foi operado e continua internado.

Pavel portava a arma do pai, um sargento do Exército. Ele foi reprovado em processo seletivo da Polícia Militar, mas ingressou na corporação em dezembro de 2012 por força de liminar obtida na Justiça. Ele foi excluído da PM em maio de 2014, quando a liminar perdeu efeito.

Ele e a mulher casaram-se há cinco meses, depois de alguns anos de união. O casal tem um filho. Na noite de terça-feira, ela havia saído de casa, alegando que ia à faculdade. Pavel a seguiu até o motel e aguardou o fim do encontro com Araújo. O confronto assustou moradores da Rua Coronel Soares. Carros estacionados no local ficaram perfurados. 

O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios, que fez perícia no local. A Polícia Civil não informou se o agente da Core foi indiciado por homicídio ou se o caso será tratado como legítima defesa. A mulher de Pavel apagou seus perfis nas redes sociais depois de ser ameaçada por internautas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.