Ex-presidiário e filha de 5 anos são assassinados em casa

Segundo a polícia, a residência foi invadida por dois homens armados de pistola, que executaram os dois

Da Redação,

08 Fevereiro 2009 | 18h36

Damião de Moraes e sua filha de cinco anos, Raíssa, foram mortos a tiros em casa, ontem de manhã, em Madureira, na zona norte do Rio. O crime foi no Morro São José da Pedra. Segundo a polícia, a residência foi invadida por dois homens armados de pistola, que executaram os dois. Moraes teria dívida com traficantes, o que seria o motivo da execução. Ele já havia sido ameaçado anteriormente por bandidos.   O homem, que era ex-presidiário, foi alvejado por vários tiros; a menina, que faria seis anos no fim do mês, por um tiro no peito. A menina teria sido vitimada porque viu os rostos dos assassinos do pai. Ambos morreram na hora. Eles se preparavam para aproveitar o domingo de sol na praia. A mãe foi poupada e ficou em choque ao ver os corpos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.