Ferroviários ameaçam greve caso laudo aponte falha humana

Laudo da Supervia deve ficar pronto até o dia 10; acidente deixou oito mortos e 101 feridos na quinta-feira

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

03 Setembro 2007 | 11h13

Ferroviários do Rio de Janeiro ameaçam entrar em greve caso seja apontado que o acidente entre dois trens, na quinta-feira, 30, foi causado por falha humana. O laudo da Supervia, concessionária que administra a linha férrea Central do Brasil, deve ficar pronto até o dia 10 de setembro. No acidente, oito pessoas morreram e 101 ficaram feridas.   Segundo o presidente do Sindicato dos Ferroviários, Valmir de Lemos, conhecido como Índio, os ferroviários pedem que a comissão que está investigando as causas do acidente seja feita com outros representantes. Segundo ele, há a suspeita de que o laudo esteja sendo feito apenas com membros da Supervia.   O sindicato pede uma nova comissão, com representantes da Agência Reguladora dos Transportes (Agetrans), Alerj, Governo do Estado, Secretaria de Transportes, Ministério das Cidades e da Câmara Federal.   Segundo Lemos, nesta segunda-feira, 3, haverá uma reunião para definir uma equipe que vai acompanhar as investigações do caso e uma assembléia será feita na terça-feira, 4, para decidir sobre a greve. O sindicato vai aguardar até a divulgação do relatório sobre o acidente para deflagrar a paralisação. Segundo a Supervia, o relatório está sendo apurado por técnicos experientes.

Mais conteúdo sobre:
acidente de trem Supervia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.