Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Festa junina termina com 5 mortos e 7 feridos a tiros na zona norte do Rio

Chacina ocorreu na madrugada deste domingo, no bairro de Anchieta. Uma das vítimas que morreram era uma criança

Daniela Amorim, O Estado de São Paulo

28 de junho de 2020 | 13h52

RIO – Cinco pessoas morreram e pelo menos sete ficaram feridas por disparos de armas de fogo durante uma festa junina na madrugada deste domingo, no bairro de Anchieta, na zona norte do Rio. Uma das vítimas fatais era uma criança.

Segundo a Secretaria de Estado de Polícia Militar, agentes do 41° Batalhão da Polícia Militar, do Irajá, foram chamados por conta da chegada de pessoas baleadas à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ricardo de Albuquerque. Os policiais constataram que 11 feridos foram levados para receber atendimento médico, mas quatro deles não resistiram aos ferimentos.

A Delegacia de Homicídios da Capital instaurou um inquérito para investigar o caso. Agentes fazem diligências para descobrir as circunstâncias das mortes. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro.

De acordo com o G1 a chacina teve a participação de integrantes de organizações criminosas de narcotraficantes. O portal de notícias afirma que a motivação foi a disputa territorial pelo controle da venda de drogas na localidade. Moradores relatam que os disparos vieram de um carro que passou pelo local onde acontecia a festa junina. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.