Google Street View
Google Street View

Filha de bicheiro é baleada em frente a shopping na zona oeste do Rio

Devido ao histórico de casos na família, não está descartada a hipótese de que a vítima tenha sido alvo de tentativa de homicídio

Márcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

08 de outubro de 2019 | 13h06

Shanna Harouche Garcia Lopes, filha do bicheiro Waldomiro Paes Garcia, conhecido como Maninho, foi baleada na manhã desta terça-feira, 8, em frente a um shopping na zona oeste do Rio de Janeiro. Socorrida pelo Corpo de Bombeiros, ela foi levada ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Seu estado de saúde é estável.

Agente da 16ª DP da Polícia Civil (Barra da Tijuca) foram chamados e irão investigar o caso. Devido ao histórico de casos na família, não está descartada a hipótese de que Shanna tenha sido alvo de tentativa de homicídio.

Patrono da tradicional escola de samba Acadêmicos do Salgueiro, o contraventor Maninho foi executado na frente de um filho em 2004, quando deixava uma academia em Jacarepaguá, também na zona oeste da cidade. Na ocasião, o filho, Myro, então com 15 anos, também foi baleado, mas sobreviveu. Em 2017, contudo, o rapaz foi assassinado após ter sido vítima de sequestro e extorsão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Novembro Azul: entenda a campanha de prevenção do câncer de próstata
  • DPVAT: o que é e como funciona o seguro obrigatório?
  • Yuval Harari: “Algoritmos entendem você melhor do que você mesmo se entende”

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.