Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Forças de Segurança fazem operação na Região Metropolitana do Rio

Com apoio do Exército, polícias Civil e Militar atuam em três comunidades com o objetivo de cercar, desobstruir vias e realizar ações de estabilização

Ludimila Honorato, O Estado de S.Paulo

23 Fevereiro 2018 | 06h40

SÃO PAULO - As polícias Civil e Militar do Estado do Rio de Janeiro, com apoio das Forças Armadas, realizam operações nas comunidades Vila Kennedy, Vila Aliança e Coreia, na zona oeste da Região Metropolitana do Rio na manhã desta sexta-feira, 23.

+ General da ativa será novo secretário da Segurança do Rio

A operação ocorre dois dias depois que o subcomandante da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Vila Kennedy, Guilherme Lopes da Cruz, de 26 anos, foi morto ao reagir a uma tentativa de roubo.

O Exército está responsável pelo cerco, desobstrução de vias e ações de estabilização. A ação conta com 3.200 militares.

+ 'É preciso saber qual o âmbito dos pedidos', diz Moraes sobre mandados coletivos

Algumas ruas e acessos nessas áreas podem ser interditados e setores do espaço aéreo poderão ser controlados com restrições dinâmicas para aeronaves civis. Não há interferência nas operações dos aeroportos, informou a Secretaria de Estado de Segurança (Seseg).

No Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Nova, representantes de todas as instituições envolvidas nas operações estão acompanhando e orientando, em tempo integral, os desdobramentos, desde as 5 horas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.