Reprodução/Google Maps
Reprodução/Google Maps

Funcionário da Cedae é encontrado morto dentro de tanque na Baixada

Vítima tinha 60 anos; circunstâncias da morte na estação de tratamento de água do Guandu, em Nova Iguaçu, serão investigadas em inquérito policial

Mariana Sallowicz, O Estado de S.Paulo

29 Janeiro 2017 | 13h48

RIO - Um funcionário da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) foi encontrado morto no sábado, 28, em um dos tanques da estação de tratamento de água do Guandu, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

A Polícia Civil informou que instaurou um procedimento na 48ª Delegacia de Polícia (Seropédica) para apurar a morte de Reginaldo Pereira Pinto, de 60 anos. Diligências estão em andamento para esclarecer o ocorrido.

Procurada, a Cedae informou que tomará as providências internas necessárias e a causa da morte será investigada por meio de inquérito policial. 

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.