Galeão vai passar por reforma e terá investimento de R$ 100 mi

Infraero quer preparar o aeroporto para a demanda de passageiros das férias e fazer plano para a Copa de 2014

13 de dezembro de 2007 | 09h39

O Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, vai receber um investimento de R$ 100 milhões, segundo o presidente da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), Sérgio Gaudenzi. O presidente da Infraero afirmou que os vereadores do Rio concordaram em investir no terminal. "Junta, a bancada deverá apresentar um projeto ao orçamento de aproximadamente R$ 100 milhões".  Durante esta semana, técnicos da Infraero fazem inspeção no aeroporto para apontar as principais deficiências e necessidades de investimento.Os técnicos da Infraero visam preparar o Galeão para o aumento de demanda de passageiros durante as férias e planejar as operações para a Copa do Mundo de 2014. A licitação para que as obras no aeroporto sejam feitas também já teve início, segundo a Infraero. A previsão do diretor de operações da Infraero, tenente brigadeiro do ar Cleonilson Nicácio Silva, é que o aeroporto passe por uma reforma completa. O sistema elétrico, de climatização e o piso dos banheiros dos aeroportos também devem passar por reforma. Além disso, o terminal deverá receber novas máquinas de raio X.

Tudo o que sabemos sobre:
InfraeroGaleãoaeroportoscrise aérea

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.