Governo oferece ajuda da Força Nacional ao Rio

Em conversa com governador Sérgio Cabral, ministro Tarso Genro põe helicóptero à disposição

Fabio Graner,

17 de outubro de 2009 | 20h35

O governo federal ofereceu ao Estado do Rio de Janeiro o apoio da Força Nacional de segurança pública, segundo informou a assessoria de imprensa do Ministério da Justiça. O ministro Tarso Genro conversou hoje com o governador do Rio, Sérgio Cabral, lamentou as mortes ocorridas no conflito entre traficantes do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, na zona norte da capital do Estado e ofereceu o auxílio da Força Nacional.

 

Veja também:

linkPolícia sabia de confronto, admite secretário

linkViolência é destaque na imprensa mundial

linkConfronto entre traficantes e policiais deixa 12 mortos no Rio

linkCabral vai manter 'enfrentamento'

 

Cabral, segundo a assessoria do ministro, avaliou que, por hora, a medida não seria necessária. Genro também ofereceu um helicóptero para o Estado substituir a aeronave perdida durante o tiroteio, que matou dois policiais. Genro também ofereceu emprestado um helicóptero da Força Nacional para uso imediato. O governador do Rio, ainda de acordo com a assessoria do ministro, ficou de avaliar as ofertas.

Os confrontos de hoje no Rio deixaram 12 mortos, entre eles dois policiais, segundo o secretário da Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame. Os policiais morreram na explosão de um helicóptero, abatido por traficantes. O aparelho dava apoio a uma operação com 120 homens da PM no Morro dos Macados, em Vila Isabel, para acabar com o confronto entre traficantes na guerra de disputa por pontos de vendas de drogas.

Tudo o que sabemos sobre:
violência, tráfico, Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.