Grávida baleada na cabeça no Rio é transferida da UTI para quarto

Quadro de saúde de Michelle Ramos da Silva Nascimento, baleada durante tentativa de assalto em Belford Roxo, evolui bem e ela segue em acompanhamento multidisciplinar

O Estado de S.Paulo

21 Janeiro 2018 | 14h14

Michelle Ramos da Silva Nascimento, de 33 anos, baleada na cabeça em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, apresentou melhora e foi transferida da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o quarto, na tarde deste sábado, 20 de janeiro. Ela estava grávida de 8 meses e foi atingida durante uma tentativa de assalto.

Segundo o Hospital de Clínicas Mário Lioni, onde Michele está internada, seu quadro de saúde evolui bem e a paciente segue em acompanhamento multidisciplinar para reabilitação. Ela havia sido tranferida do Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) na tarde desta sexta-feira, 19. 

++Grávida baleada na cabeça tem melhora; estado do bebê se agrava

Michelle deu entrada na unidade de saúde no dia 13 de janeiro e foi submetida a uma cirurgia para descompressão craniana. As equipes médicas de pediatria e obstetrícia avaliaram a paciente e optaram por realizar a cesariana no mesmo momento da cirurgia neurológica. 

O bebê segue internado na Maternidade Municipal Mariana Bulhões, em Nova Iguaçu, o Estado não conseguiu contato com o hospital e a Secretaria da Saúde para saber o estado de saúde da criança. 

Mais conteúdo sobre:
Belford Roxo [RJ] assalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.