Homem chuta dois adolescentes já dominados por policiais

Imagens da GloboNews flagraram agressão, que aconteceu após envolvimento em briga; mãe diz que filho foi vítima de preconceito

Carina Bacelar, O Estado de S. Paulo

26 de junho de 2015 | 11h16

RIO - Um homem agrediu com chutes dois adolescentes que, já rendidos por policiais civis, estavam deitados no chão na Rua Marquês de São Vicente, na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro, depois de terem participado de uma briga.

De acordo com a Polícia Civil, três adolescentes e um adulto foram autuados por policiais da 14ª Delegacia de Polícia, no Leblon, zona sul, por se envolverem em uma briga após uma discussão de colégio. Os garotos, negros e moradores da Favela da Rocinha, também na zona sul, foram acusados de roubo pelos pedestres. Alguns deles, sob gritos de "mata, mata", pediam que os policiais assassinassem os meninos. 

Foi quando um homem, flagrado por imagens divulgadas pela GloboNews, chutou as costas de um dos meninos e se aproximou de um segundo para agredi-lo. A delegada Fernanda Noethen, da 14ª DP, afirmou que vai tentar identificar o agressor e autuá-lo por lesão corporal.

À GloboNews, a mãe de um dos garotos, Patrícia Santos, afirmou que o filho foi alvo de preconceito pelo fato de ser negro. Ela teme ainda que ele sofra represália do tráfico da Rocinha injustamente, por ter sido acusado de roubo pelos populares, já que ordens de chefes do tráfico local determinam que os jovens não pratiquem roubos na região. 

Tudo o que sabemos sobre:
ViolênciaRio de JaneiroGávea

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.