Homem desaparece após naufrágio no Rio

Tripulante teria ficado preso na casa de máquinas da embarcação; Capitania dos Portos investiga responsabilidades pelo acidente

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

10 Março 2015 | 20h10

RIO - Um tripulante do navio Mercurio Del Golfo está desaparecido desde a manhã desta terça-feira, 10, quando a embarcação naufragou na Bacia de Santos, a 166 quilômetros do Rio de Janeiro.

Havia sete pessoas no navio, que pertence à empresa Camorim Serviços Marítimos, mas seis foram resgatadas por um navio da Petrobrás.

O tripulante desaparecido é Luiz Carlos Couto Nunes, que teria ficado preso na casa de máquinas da embarcação. Na área onde o naufrágio ocorreu, a profundidade do oceano chega a 1.500 metros.

A Capitania dos Portos instaurou um inquérito administrativo para esclarecer a causa e as responsabilidades pelo acidente.

Mais conteúdo sobre:
naufrágioRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.