Marcos Arcoverde/Estadão
Marcos Arcoverde/Estadão

Jovem é baledo durante ação da PM no Complexo da Maré

Alan Oliveira dos Santos foi ferido no braço, socorrido e liberado; segundo página comunitária, houve tiroteio em três comunidades

Carina Bacelar, O Estado de S. Paulo

08 de julho de 2015 | 11h42

RIO - Um homem foi atingido por uma bala perdida na comunidade Nova Holanda, no Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro, durante operação do Comando de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar na manhã desta quarta-feira, 8. Alan Oliveira dos Santos, de 20 anos, foi ferido no braço esquerdo e socorrido para o Hospital Federal de Bonsucesso, também na zona norte. Depois de medicado, ele foi liberado. 

Pelas redes sociais, moradores relatavam tiroteio em comunidades do conjunto de favelas. De acordo com a página comunitária Maré Vive, houve tiroteios no Morro do Timbau, na Baixa do Sapateiro e em Nova Holanda. Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) usavam uniforme camuflado. A PM informou ainda não ter uma balanço das ações do COE. 

Registro de tiros na manhã de hoje no Timbau, Baixa do Sapateiro e Nova Holanda. Operação do BOPE camuflado. Agora o...Posted by Maré Vive on Quarta, 8 de julho de 2015

O Complexo da Maré passou para a responsabilidade da PM no dia 30 de junho, quando a Força de Pacificação se retirou das últimas nove comunidades onde ainda realizava patrulhamento.

A Operação São Francisco, nome dado à ação dos militares no complexo, durou 15 meses. No total, 3 mil militares foram substituídos por apenas 400 policiais.


Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.