Reprodução/Google Maps
Reprodução/Google Maps

Homem é morto após perseguir assaltantes no Rio

Administrador de empresas reagiu a um roubo na Vila Isabel, zona norte carioca

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

04 Fevereiro 2017 | 14h50

RIO  - O administrador de empresas Victor Robusti, de 28 anos, foi morto a tiros, em Vila Isabel, zona norte do Rio, na madrugada deste sábado, 4. De acordo com a Polícia Militar, ele foi atingido após reagir a um assalto.

Quatro criminosos, em um carro prata, roubaram o homem e a sua namorada, por volta das 3h, na Rua Engenheiro Gama Lobo. Após o assaltado, Robusti entrou em seu carro e perseguiu os criminosos. O grupo percebeu e disparou contra o carro, baleando o motorista, que morreu no local. Ele foi atingido por, pelo menos, três tiros. A outra ocupante do veículo não teve ferimentos.

O caso foi atendido por policiais do 6º Batalhão Policial Milita (Tijuca) e registrado na Divisão de Homicídios da Capital, que instaurou uma investigação para apurar as circunstâncias e a autoria da morte. A perícia já foi realizada no local do crime.

Os investigadores pretendem ouvir testemunhas e vão procurar câmeras de segurança instaladas nas proximidades da Rua Engenheiro Gama Lobo para ajudar a identificar os envolvidos.

Mais conteúdo sobre:
ViolênciaRio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.