Homem é preso no Rio por estuprar adolescentes vizinhas

Primeira denúncia foi feita na última quinta-feira e novas denúncias surgiram; uma das vítimas foi estuprada pelo suspeito nos últimos quatro anos

Fernanda Nunes, O Estado de S. Paulo

21 Outubro 2017 | 18h33

RIO - Renato Vasconcellos Fabrício foi preso por policiais da 14ª Delegacia de Polícia do Rio pelo estupro de ao menos três menores de idade – de 11, 12 e 16 anos de idade – moradoras da comunidade Cruzada São Sebastião, no bairro do Leblon, na zona sul carioca. Uma delas, de 12 anos, foi violentada por ele pela primeira vez aos oito anos.

As denúncias surgiram gradativamente. A primeira foi feita na última quinta-feira, 19, quando a mãe de uma adolescente registrou queixa na delegacia porque Fabrício teria tentado estuprar uma de suas filhas quando ela foi buscar a irmã mais nova, de 12 anos, na casa do agressor. Segundo o comunicado da Polícia Civil, Fabrício era reconhecido como uma pessoa de confiança das famílias das vítimas.

No dia seguinte, a mesma mãe voltou à delegacia, dessa vez com a filha mais nova, que revelou ter sido estuprada por ele nos últimos quatro anos. “O fato gerou comoção e revolta na comunidade e na madrugada deste sábado, 21, um novo caso de estupro de vulnerável praticado por Renato contra uma menina de 11 anos foi noticiado por parentes”, informou a polícia.

A delegada Monique Vidal determinou a prisão temporária do acusado e continua investigando o caso, porque acredita que novas vítimas ainda podem apresentar queixa. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.