MARCOS DE PAULA/ESTADÃO
MARCOS DE PAULA/ESTADÃO

Homem mata mulher no Rio e vai responder pelo crime de feminicídio

José Osmail Burto de Freitas é o segundo preso na cidade desde a lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff no mês passado

Danielle Villela, O Estado de S. Paulo

01 de abril de 2015 | 14h48

RIO - Um homem acusado de matar a mulher na Favela de Manguinhos, na zona norte do Rio de Janeiro, foi preso nesta terça-feira, 31, por policiais da Divisão de Homicídios da Capital (DH/Capital).

José Osmail Burto de Freitas vai responder pelo crime de homicídio conforme a nova Lei do Feminicídio, sancionada pela presidente Dilma Rousseff (PT) no último dia 9.

Este é o segundo caso de preso por feminicídio no Rio. A Lei 13.104/2015 altera o artigo 121 do Código Penal e torna crime hediondo os homicídios de mulheres decorrentes de violência doméstica ou de discriminação de gênero.

Tudo o que sabemos sobre:
FeminicídioRio de JaneiroViolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.