Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Homicídios no Estado do Rio crescem 15,4% no 1º quadrimestre

De janeiro a abril deste ano, houve 1.715 assassinatos, contra 1.486 no mesmo período de 2015; roubos de rua aumentaram 23,7%

Constança Rezende da Costa, O Estado de S.Paulo

19 Maio 2016 | 13h46

RIO - O número de homicídios dolosos no Estado do Rio de Janeiro aumentou 15,4% de janeiro a abril deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Houve 1.715 assassinatos no período, contra 1.486 nos primeiros quatro meses de 2015. Os dados foram divulgados na manha desta quinta-feira, 19, pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), vinculado à Secretaria Estadual de Segurança.

Há quatro meses a quantidade de homicídios vem crescendo no Rio de Janeiro na comparação mês a mês. Em abril, foram registrados 471 casos, enquanto em março, 441. Já em fevereiro, foram 402 e, em janeiro, 401.

Outros índices da violência, como roubos de rua, também aumentaram. Os casos de roubo a pedestres, de celulares e em transportes públicos saltou 23,7% de janeiro a abril (31.083 casos em 2015 contra 38.461 em 2016).

Já os casos de letalidade violenta, que incluem os homicídios dolosos, latrocínios, lesão corporal seguida de morte e homicídios em confronto com a polícia, aumentaram 12%. Nos quatro primeiros meses deste ano, houve 2.036 casos registros, contra 1.818 no mesmo período de 2015.

Os roubos de veículos aumentaram 19,7% no período  (10.919 em 2015; 13.074 em 2016). Em entrevista na manhã desta quinta-feira, o secretário estadual da Segurança, José Mariano Beltrame, mostrou preocupação com os dados e afirmou que aumentará o policiamento no Estado, com policiais em motocicletas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.