Felipe Dana/AP
Felipe Dana/AP

Idosa morre soterrada após deslizamento em Duque de Caxias

Luizete Paes do Santos, de 69 anos, vivia em área de risco, no distrito de Xerém; Defesa Civil determinou a desocupação de três casas na região

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

15 Dezembro 2016 | 14h37

RIO - Uma idosa morreu soterrada, após um deslizamento de terra, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na madrugada desta quinta-feira, 15. Segundo a Defesa Civil, a mulher, identificada como Luizete Paes dos Santos, de 69 anos, teria morrido após as chuvas derrubarem um bambuzal de uma encosta. Ela moraria em uma área de risco, no distrito de Xerém. 

A Defesa Civil ordenou a desocupação do três casas na região. Dois distritos do município estão em estágio de alarme, outros dois em atenção. Nas últimas quatro horas, houve registro de chuva fraca a moderada nas áreas de maior risco.

Segundo a Defesa Civil, com o alto acumulado de chuva desta madrugada, os níveis dos rios permanecem com "elevação significativa" e há possibilidade do aumento do risco de deslizamentos. O nível do Rio Saracuruna, que nasce em Caxias e deságua na Baía de Guanabara, chegou a transbordar em 0,55 metro.

Região Serrana. A Defesa Civil de Petrópolis, na Região Serrana, informou que as chuvas fortes das últimas 24 horas geraram 67 ocorrências, entre deslizamentos atingindo residências, fundos de terrenos e vias públicas. Não houve vítimas, feridos nem desabrigados. Há pelo menos três famílias desalojadas, que foram para a casa de amigos ou parentes.

O maior índice pluviométrico foi registrado na localidade de Independência, onde choveu 206 milímetros em 24 horas. O município opera no estágio de alerta.

Capital. Já no Rio de Janeiro, a previsão é de chuva fraca a moderada isolada ao longo do dia, com vento moderado. O Centro de Operações da prefeitura também informou que há previsão de ressaca, que pode atingir a orla carioca, a partir das 16 horas. De acordo com a Marinha do Brasil, estão previstas ondas de 2,5 a 3 metros de altura. A máxima prevista é de 26°C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.