Antonio Lacerda/ EFE
Antonio Lacerda/ EFE

Idoso é jogado de apartamento e morre em Copacabana, diz polícia

Divisão de Homicídios investiga o caso na zona sul do Rio; o agressor também morreu durante a tentativa de fuga

Roberta Pennafort, O Estado de S.Paulo

24 Maio 2016 | 16h13

RIO - A Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio investiga a morte de dois homens na Rua Figueiredo de Magalhães, em Copacabana, zona sul do Rio. Um deles, Paulo Lampas Lourenzo, de 60 anos, foi jogado do nono andar de um apartamento que fica sobre o Shopping Cidade de Copacabana, na zona sul do Rio, conhecido ponto comercial que reúne antiquários. Ele morreu na hora.

O homem que lançou Lourenzo pela janela, segundo a polícia, Erick Alessandro Menogotto, de 22 anos, tentou fugir do local do crime pendurado em lençóis emendados. Ele acabou despencando, e seu corpo foi encontrado numa área comum do edifício. O rapaz foi levado para o Hospital municipal Miguel Couto, na Gávea, onde foi declarado o óbito. 

Segundo a polícia, o corpo de Paulo tinha perfurações que parecem ter sido feitas a facadas. Não se sabe se foi um assalto ou se os dois se conheciam.

Mais conteúdo sobre:
Copacabana Hospital Miguel Couto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.