Imóveis atingidos pelas chuvas têm IPTU suspenso em Teresópolis

Será definido, também, a prorrogação, para todo o município, dos prazos para pagamento da cota única do IPTU; pagamento poderá ser feito até 15 de fevereiro

Marília Lopes, do estadão.com.br,

27 de janeiro de 2011 | 04h23

SÃO PAULO - O pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) está suspenso para quem teve o imóvel atingido pelas chuvas em Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. O decreto da prefeitura será publicado no Diário Oficial desta quinta-feira, 27, e determina também as áreas em que os imóveis terão a suspensão temporária do imposto.

 

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, serão realizadas nos locais, por técnicos das secretarias de Meio Ambiente, Defesa Civil e da Fazenda. O decreto também definiu a prorrogação, para todo o município, dos prazos para pagamento da cota única do IPTU. O pagamento poderá ser feito até 15 de fevereiro. Os contribuintes que estão com o imposto em dia terão 20% de desconto na quitação à vista. Já os contribuintes que não estão em dia com o IPTU, terão 15% de desconto no pagamento em cota única até o dia 15. Quem pagar o imposto à vista até o dia 10 de março terá 10% de desconto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.