Google Street View / Reprodução
Google Street View / Reprodução

Irmãs são atingidas por balas perdidas durante tiroteio no Rio

Confronto entre criminosos e policiais de UPP na zona norte da capital terminou com duas mulheres feridas; vítimas foram socorridas e passam bem

Paulo Roberto Netto, O Estado de S.Paulo

07 Junho 2018 | 14h56

SÃO PAULO - Duas mulheres ficaram feridas durante tiroteio na manhã desta quinta-feira, 7, entre policiais e criminosos na Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro. As vítimas são irmãs e foram atingidas de raspão no braço e na boca. 

+ Mãe morre após saber que filho PM foi morto a tiros na Baixada Fluminense

Segundo o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Macacos, os militares foram acionados após o roubo de um veículo na rua Senador Nabuco. No local, criminosos atacaram os policiais, iniciando um tiroteio que atingiu as duas mulheres que estavam nas proximidades. 

+ Polícia Militar realiza operação na zona oeste do RJ e estrada Grajaú-Jacarepaguá é fechada

As irmãs foram socorridas para o Hospital Federal do Andaraí. O estado de saúde delas é estável. De acordo com o hospital, elas passarão por exames, mas não correm risco. 

+ Plano é avanço, mas tempo e violência cotidiana são desafios, dizem especialistas

Os criminosos envolvidos no tiroteio fugiram, mas o veículo roubado foi recuperado pelos policiais. A ocorrência foi encaminhada à 20ª Delegacia de Polícia Civil.

 



 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.