Assia Petricelli (@assiapetricelli)/Instagram
Assia Petricelli (@assiapetricelli)/Instagram

Italianos homenageiam Marielle Franco com história em quadrinhos

Assia Petricelli e Sergio Riccardi afirmaram que encontraram na vereadora 'o exemplo que procuravam'; HQ foi publicada em jornal

O Estado de S.Paulo

09 Abril 2018 | 18h35

ROMA - A vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada a tiros no Rio de Janeiro em março, foi homenageada por artistas italianos com uma história em quadrinhos. A HQ tem início com frases que, de acordo com os autores, Assia Petricelli e Sergio Riccardi, definem Marielle: "Eu sou cria da Maré. Sou mulher negra. Sou anticapitalista. Sou militante política. Sou mãe".

+++ Assessor de vereador que depôs sobre morte de Marielle é assassinado a tiros

"Nos apaixonamos por sua história e nos comovemos com sua morte, sentimos uma grande energia e uma profunda esperança com a multidão que foi para as ruas do Brasil para pedir verdade e justiça. Com nossos meios, palavras e desenhos, queríamos nos colocar a serviço dessa história", diz o editorial publicado pelos autores.

+++ NYT/VANESSA BARBARA: Morte de Marielle Franco não é melodrama

Os artistas também encontraram na parlamentar "o exemplo que procuravam", pois Marielle colocou em pauta assuntos como estereótipos de feminilidade, tema que Petricelli queria ilustrar em um romance gráfico.

+++ Testemunhas dão novas versões sobre o assassinato de Marielle Franco

"O poder a castigou, mas sua figura não se reduz à de uma vítima. A voz de Marielle, seu corpo e seu sorriso não se extinguem, continuam a viver através de todos nós que ocupamos um espaço público em seu nome e continuamos suas batalhas", declararam. "Marielle vive porque nós vivemos."

+++ MC Carol lança música 'Marielle Franco'; assista ao videoclipe

A tirinha foi publicada no jornal Il Manifesto. O gibi foi vendido junto com o diário nas bancas da Itália. Há também uma versão digital disponível por €2 (aproximadamente R$ 8). /ANSA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.