DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO

Jornalista Sandra Moreyra morre no Rio aos 61 anos

A repórter da TV Globo tinha 40 anos de profissão e participou de coberturas importantes, como a morte de Tancredo Neves

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

10 Novembro 2015 | 16h29

RIO - A jornalista da TV Globo, Sandra Moreyra, de 61 anos, morreu nesta terça-feira, 10, vítima de câncer, no Rio de Janeiro. A jornalista tinha 40 anos de profissão e participou de coberturas importantes da imprensa, como a morte de Tancredo Neves e a chacina de Vigário Geral. 

Sandra era neta da jornalista Eugênia Moreyra e do poeta Álvaro Moreyra e filha do cronista esportivo Sandro Moreyra.

Em sete anos, ela foi diagnosticada três vezes com a doença, a última no mês passado (a primeira vez foi em 2008 e, a segunda, em 2013). Em 22 de outubro, em sua conta no Twitter, Sandra escreveu: "Novamente estou sendo posta à prova. Mais um tratamento pra fazer. Eu amo a vida. E vou em frente", postou. Em seguida, agradeceu as diversas mensagens de carinho que recebeu. 

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.