Marcos Arcoverde/Estadão
Marcos Arcoverde/Estadão

Juiz da Lava Jato, Bretas assiste desfile na Sapucaí ao lado de Witzel e Doria

Marcelo Bretas chegou pouco depois das 22h deste domingo no camarote do governo do Estado, na Marquês de Sapucaí; ele comentou rapidamente as mudanças no depoimento do ex-governador fluminense Sérgio Cabral

Fernanda Nunes, O Estado de S.Paulo

03 de março de 2019 | 22h56

RIO DE JANEIRO - Juiz da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, Marcelo Bretas chegou pouco depois das 22h deste domingo  no camarote do governo do Estado, na Marquês de Sapucaí, para assistir o primeiro dia de desfile das escolas de samba do grupo especial. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por MARCELO da Costa BRETAS (@mcbretas) em

No mesmo camarote estão os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio, Wilson Witzel, anfitrião. Por causa da chuva, que afetou o trânsito, o desfile começou atrasado, às 22h. 

Marcelo Bretas comentou rapidamente as mudanças no depoimento do ex-governador fluminense Sérgio Cabral, ao deixar o camarote do governo do Estado do Rio de Janeiro, na Marquês de Sapucaí. 

"Só posso dizer uma coisa: como juiz sou todo ouvidos", afirmou o juiz, evitando se estender nos comentários. 

Nos últimos dias, Cabral mudou de postura e passou a admitir participação em esquemas de corrupção, além de ter citado nomes de outros políticos como parceiros nos episódios de desvio. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.