Loja no RJ vendia distintivos de polícia falsos

No local foram encontrados 605 distintivos fixos em carteiras de couro

Pedro da Rocha, do estadão.com.br,

17 Novembro 2010 | 23h31

Policias estouraram, na tarde de hoje, 17, um estabelecimento que vendia símbolos e inscrições associadas a instituições públicas, como polícias Militar e Federal, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros. No local, localizado no bairro do Realengo, foram apreendidos 605 distintivos fixos em carteiras de couro.

 

De acordo com os policias da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCPIM), que fizeram a ação, eles chegaram até o estabelecimento, que funcionava como distribuidor, após terem identificado, na terça-feira, 16, uma loja em Nova Iguaçu onde encontraram 77 distintivos relacionados a diversa instituições públicas e 61 chaveiros com símbolos de times de futebol.

 

O proprietário, Marcelo Viera Fazoto, foi identificado e afirmou que havia comprado o material de Jorge Luiz de Oliveira Tavares, que, ao ser ouvido na delegacia, disse ter comprado os artigos no Briova 22. De acordo com os agentes, o proprietário do estabelecimento, Paulo Cezar Costa de Paiva, irá responder pela prática do crime contra a propriedade industrial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.