Polícia Civil do Rio de Janeiro
Polícia Civil do Rio de Janeiro

Lutador de MMA e estudante de Medicina são presos por assassinato de moradora de rua

Fernanda Rodrigues dos Santos foi morta com um tiro no peito enquanto dormia debaixo de uma marquise na zona sul do Rio

Wilson Tosta e Elisa Clavery, O Estado de S.Paulo

15 Novembro 2017 | 15h56

Dois suspeitos de matar a tiros a moradora de rua Fernanda Rodrigues dos Santos, de 40 anos, foram presos nessa terça-feira, 14, pela Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro. O crime aconteceu no dia 18 de outubro, em Copacabana, zona sul da capital fluminense. Segundo a Polícia Civil, os suspeitos são o lutador de MMA Claudio José Santos, de 42 anos, e o estudante de Medicina Rodrigo Gomes Rodrigues, de 28 anos.

+++ LEIA MAIS notícias sobre o Rio

A vítima foi morta com um tiro no peito enquanto dormia debaixo de uma marquise na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, próximo à esquina da Rua Duvivier. Fernanda estava acostumada a dormir no local havia cerca de quatro anos, carregava seus pertences em sacolas penduradas no corpo e "era uma pessoa carismática e muito adorada no bairro de Copacabana", diz a polícia.

+++ Carcaça de baleia de 30 toneladas encalha na Praia de Ipanema, na zona sul do Rio

O estudante de Medicina está, atualmente, no 10º período do curso. O lutador também foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Na sua casa, foram encontrados 142g de cocaína, 96g de crack e 10g de maconha, uma balança de precisão e as roupas usadas no dia do crime. 

+++ Militar reformado é morto a tiros no Túnel Marcello Alencar, no centro do Rio

A Polícia não divulgou o que teria levado os dois suspeitos a matá-la. Não foi possível localizar as defesas dos acusados, para que comentassem as acusações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.