WILTON JUNIOR/ESTADÃO
WILTON JUNIOR/ESTADÃO

Manifestantes voltam a interditar Rua Jardim Botânico contra reintegração

Pela manhã, protesto de moradores da Comunidade do Horto terminou em confusão, com uso de balas de borracha, bombas de gás e spray de pimenta

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

07 Novembro 2016 | 19h11

RIO - Moradores da Comunidade do Horto interditaram novamente a Rua Jardim Botânico, no bairro de mesmo nome situado na zona sul do Rio, por volta das 17 horas desta segunda-feira, 7. A iniciativa foi decorrência de um protesto que começou de manhã, durante uma tentativa de cumprimento de um mandado judicial de reintegração de posse de um imóvel. A via foi liberada às 18h35 e não houve registro de feridos nem de detidos.

A comunidade é composta por pelo menos 520 famílias e todas temem ser desalojadas, embora a ação de hoje se refira a apenas uma casa.

A justificativa da União, dona do terreno, ao mover ações de reintegração de posse, é o interesse ambiental e a defesa de um perímetro do Jardim Botânico.

Pela manhã, policiais do Batalhão de Choque usaram balas de borracha, bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta contra os manifestantes. Pelo menos quatro moradores foram feridos por balas de borracha e precisaram ser atendidos por bombeiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.