EFE/Mario Vasconcellos/CMRJ
EFE/Mario Vasconcellos/CMRJ

Marielle Franco será nome de escola municipal do Rio

Homenagem foi divulgada em evento oficial, no qual Crivella fez críticas à intervenção federal na cidade: 'A gente esperava ter mais segurança, mas essa segurança ainda não chegou'

O Estado de S.Paulo

15 Março 2018 | 11h31

SÃO PAULO - A Prefeitura do Rio divulgou na manhã desta quinta-feira, 15, que dará o nome da vereadora Marielle Franco (PSOL) a uma escola em construção no bairro de Guaratiba, na zona oeste. As obras do imóvel devem ser concluídas em quatro meses, segundo declarou o prefeito Marcelo Crivella (PRB) em uma agenda oficial.

"O nome dela será perpetuado numa escola que representa bem as forças que ela na Câmara dos Vereadores exercia em favor do povo, em favor das crianças, dos direitos humanos, das denúncias que ela fazia da violência que sofria a população de baixa renda", declarou Crivella, de acordo com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura.

++++ 'Parem de nos matar', postou Marielle Franco 4 dias antes de ser assassinada

A vereadora foi assassinada a tiros na noite de quarta-feira, 14, na região central do Rio. O motorista do veículo em que ela estava, Anderson Pedro Gomes, também foi morto.

Na nota divulgada no site da Prefeitura, Crivella faz críticas à intervenção federal na cidade. "Nesse momento em que estamos sofrendo uma intervenção é realmente paradoxal. A gente esperava ter mais segurança, mas essa segurança ainda não chegou. Espero que chegue logo, que a gente não tenha que amargurar o que estamos sofrendo agora", declarou.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.