Marinha confirma que 14 recrutas receberam alta nesta terça

Marinha informou que suspeitava que soldados estivessem contaminados pelo Influenza B

João Paulo Carvalho, estadão.com.br

23 Agosto 2011 | 21h12

SÃO PAULO - A Marinha informou que 14 recrutas que estavam internados no Hospital Naval Marcílio Dias, no Lins, no Rio de Janeiro, receberam alta na tarde desta terça-feira, 23. Eles são alunos do Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa), em Campo Grande, na zona oeste do Rio, e passaram mal num curso da Marinha.

O Comando do 1º Distrito Naval disse na manhã de hoje que uma infecção respiratória aguda causada pelo vírus da influenza B provocou a internação de 62 recrutas, dois instrutores e um membro da equipe médica do Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais, em treinamento no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela (Ciampa), em Campo Grande, na zona oeste do Rio.

Segundo o Comando, dos 12 resultados de exames feitos por amostragem pela Secretaria Municipal de Saúde do Estado, sete apontaram a contaminação pelo vírus.

Mais conteúdo sobre:
MarinhaInfluenza Bsoldados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.